#DifraçõesHistóricas

Uma escrita da História no tempo das contingências

Mulheres pioneiras na música eletrônica

201212230404258032

Auto-retrato de Laurel Spiegel feito em um computador Apple II Fonte: Frieze Magazine

Nunca tinha ouvido falar sobre as mulheres precursoras da música eletrônica. A exceção era Donna Summer (sucesso da disco music, na década de 1970). É mais corriqueiro associar o início desse estilo musical com a carreira de grupos e projetos formados por artistas homens, como o Kraftwerk e The Human League. Mas vale lembrar que esses dois grupos, na verdade, popularizaram o uso de instrumentos eletrônicos já existentes, mas que estavam restritos a um cenário acadêmico, experimental e de trilhas sonoras de filmes e séries.

Hoje tive a grata oportunidade de ler uma matéria no The Guardian sobre um festival de música eletrônica, em Londres, com foco nas mulheres pioneiras dessa vertente musical. E fiquei encantado ao ver a diversidade de “mães do estilo” e escutar as músicas produzidas por elas entre as décadas de 1950 e 1970.

Nesse pequeno artigo pretendo colocar uma biografia resumida de seis dessas precursoras e links para suas músicas ou apresentações ao vivo. Nessas trajetórias e sons, estão emaranhadas fascinantes questões relacionadas a gênero, história da tecnologia e música que instigam a buscar mais sobre o papel das mulheres nos primórdios da música eletrônica.

Daphne Oram (1925-2003)

daphne-oram

Daphne Oram. Fonte: Synthopia

Daphne Oram é considerada uma pioneira da música concreta na Inglaterra (um estilo ancestral e erudito da música eletrônica, que unia fragmentos de sons do ambiente cotidiano, como barulho do vento, latas batendo, ruído de passos, e etc., com instrumentos musicais). Começou sua carreira na BBC, trabalhando com sonoplastia e experimentação de novos sons. Em poucos anos, Oram começou a compor peças instrumentais. No final da década de 1950, ela inventou o Oramics, um instrumento musical que produzia som eletrônico com fitas fílmicas de 35mm. Atualmente, considera-se que Oram deu forte contribuição ao desenvolvimento da techno music. Daphne Oram – Bird of Parallax (1972)

                                                      Eliane Radigue (1932-)

1w

Eliane Radigue. Fonte: IMA.

Radigue é uma compositora francesa, que iniciou seus trabalhos na década de 1950. Era pianista e foi aluna de Pierre Schaeffer, um dos fundadores da música concreta. Ao longo das décadas de 1960-70, Radigue se afastou do grupo de Schaeffer, desenvolvendo uma identidade musical própria, minimalista, baseada unicamente em sintetizadores, e em diálogo com o budismo tibetano. Eliane Radique – Arthesis (1973)

Laurie Spiegel (1945-)

Spiegel é uma compositora e multi-instrumentista de Chicago, conhecida por suas composições de música eletrônica e experimental. Trabalhou com sintetizadores na década de 1970, e depois se dedicou a utilizar softwares e algorítimos para a produção musical. Um dos softwares mais usados por Spiegel foi o Music Mouse (1986), para Macintosh, desenvolvido por ela mesma na Bell Telephone Laboratories, instituição de pesquisa tecnológica da AT&T. Suas músicas estão presentes em vários filmes, incluindo o primeiro filme da trilogia Jogos Vorazes. Laurie Spiegel – Temporary Replacement, ao vivo (1977)

Pauline Oliveros (1932-)

Pauline Oliveros é professora de música no Center for Music Experiment da University California at San Diego e suas pesquisas incluem investigações sobre modos de consciência em relação à composição e performance, bem como os efeitos de elementos eletrônicos na música. É uma das grandes representantes e pesquisadoras da música concreta e eletrônica das décadas de 1950-60, compondo canções experimentais e atuando em instituições de pesquisa e universidades dos EUA. Uma de suas mais conhecidas músicas é Bye, Bye Butterfly (1967).

suzanne_ciani

Suzanne Ciani. Fonte: Lisa Tatcher Blog

Suzanne Ciani (1946-)

A pianista italiana Suzanne Ciani começou sua carreira nos Estados Unidos, formando-se em Composição Musical, em 1970, na Universidade da California. Estudou logo depois no Laboratório de Inteligência Artificial de Stanford e compôs várias músicas em sintetizador para programas de televisão, comerciais, séries e filmes. Algumas de suas composições serão trilha sonora de jogos de video game anos mais tarde. Ciani também será pioneira do estilo musical New Age. A música Paris (1971) ilustra bem a atmosfera viajante de sua música.

Delia Derbyshire (1937-2001)

A inglesa Delia Derbyshire, iniciou sua carreira também na BBC e tornou-se conhecida pela interpretação da música tema da série de ficção científica Doctor Who entre 1963 e 1969. Derbyshire trabalhou em diferentes estúdios de música eletrônica durante as décadas de 1970 e 1980, e se dedicou a pesquisa de peças experimentais. Contudo, o tema de Doctor Who permaneceu e permanece como umas maiores influências do estilo. Delia Derbyshire – Doctor Who Theme.

Referências

DAYAL, Geeta. Rare 70’s Electronic Music is Hidden in the Hunger Games. Wired. 29/03/2012. http://www.wired.com/2012/03/rare-electronic-music-hunger-games/

DAYAL, Geeta. An interview with Laurie Spiegel. Frieze. 23/12/2012. http://wowa.artlinkart.com/en/top/detail/453auxnm.html

SERVICE, Tom. A guide to Pauline Oliveros’s music. The Guardian. 07/05/2012. https://www.theguardian.com/music/tomserviceblog/2012/may/07/guide-contemporary-music-pauline-oliveros

SWASH, Rosie. Daphne Oram: an unlikely techno pioneer. The Guardian. 07/08/2001. http://www.theguardian.com/lifeandstyle/the-womens-blog-with-jane-martinson/2011/aug/07/daphne-oram-oramics-electronic-music

TATCHER, Lisa. Suzanne Ciani: Atari and other forms of love. Lisa Tatcher Blog. 14/02/2012. https://lisathatcher.com/2012/02/14/suzanne-ciani-atari-and-other-forms-of-love/

WORBY, Robert. Daphne Oram: Portrait of an electronic music pioneer. The Guardian. 01/08/2008. https://www.theguardian.com/music/2008/aug/01/daphne.oram.remembered

Um comentário em “Mulheres pioneiras na música eletrônica

  1. Pingback: Mulheres pioneiras na música eletrônica (Parte 2) | #DifraçõesHistóricas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 18 de junho de 2016 por em Curiosidades provocativas e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: