#DifraçõesHistóricas

Uma escrita da História no tempo das contingências

Carlos Chagas na “Guerra dos Rios”. Artigo publicado na revista História, Ciências e Saúde – Manguinhos

Selectionshot_2018-04-05_13:33:58

Os médicos João Pedroso, Pacheco Leão e Carlos Chagas, membros da Comissão do Instituto Oswaldo Cruz, em uma rua de Sena Madureira, no Alto Purus, em 1913

Foi publicado no dia 03/04 o primeiro número do volume 25 da revista História, Ciências e Saúde – Manguinhos, trazendo diversos artigos interessantes. Dentres eles, há um artigo meu, uma adaptação de um dos capítulos da minha tese de doutorado, analisando a construção do Relatório sobre as condições médico-sanitárias do vale do Amazonas, um dos mais importantes relatos médicos sobre as condições de saúde das populações do interior da Amazônia no início do século XX. O estudo oferece uma análise do relatório ancorada nas circunstâncias macropolíticas da época, e das relações micropolíticas que emergiram da passagem dos médicos Pacheco Leão, João Pedroso e Carlos Chagas pelos departamentos do Território Federal do Acre, especialmente no rio Iaco, Alto Purus, em 1913.

A versão em português do artigo pode ser lida aqui.

A versão em inglês está disponível nesse link.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 5 de abril de 2018 por em Artigos e marcado , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: